Santa Catarina cria mais de 50 mil empregos no primeiro bimestre de 2022

Nos dois primeiros meses de 2022, o estado catarinense criou 51,9 mil vagas formais de trabalho. É o segundo melhor resultado do país, atrás apenas de São Paulo, que possui uma população quase sete vezes maior. Todas as regiões catarinenses apresentaram saldo positivo, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados. Na divisão por cidades, mais de 80% registraram mais admissões do que demissões em janeiro e fevereiro. No oeste Chapecó foi destaque sendo a quarta a nível estadual, com 1.965 empregos criados


“Se olharmos o mapa de Santa Catarina, veremos que a geração de empregos ocorre em todos os cantos do nosso estado. Cada região possui a sua vocação econômica, mas é gratificante ver que nenhuma delas está esquecida ou ficando para trás. O Governo tem uma política municipalista e que promove o desenvolvimento econômico igualitariamente. Essa é a nossa missão”, afirma o governador Carlos Moisés.


Veja abaixo o ranking das 20 cidades que mais geraram empregos:

  1. Joinville – 4.187 vagas

  2. Blumenau – 4.168

  3. Itajaí – 2.664

  4. Itapema – 2.405

  5. Florianópolis – 2.144

  6. Chapecó – 1.965

  7. Fraiburgo – 1.386

  8. Jaraguá do Sul – 1.344

  9. Palhoça – 1.144

  10. Criciúma – 1.019

  11. Gaspar – 971

  12. Rio do Sul – 970

  13. Caçador – 948

  14. São João Batista – 866

  15. Concórdia – 818

  16. Araranguá – 752

  17. Lages – 735

  18. Monte Carlo – 670

  19. Videira – 657

  20. Brusque - 650

Fonte: Governo do Estado de Santa Catarina/Secretaria de Estado da Comunicação

Foto: Julio Cavalheiro / Secom