PROJETO RPG NA BIBLIOTECA TEM INICIO NESTE SÁBADO

As manhãs de sábado em São Carlos nunca mais serão as mesmas. Pelo menos um sábado por mês, a Biblioteca Pública Municipal estará de portas abertas para receber jovens que queiram aproveitar o fim de semana para uma atividade lúdica, criativa e educativa. Esses jovens estarão na Biblioteca participando do RPG (Role Playing Game), um jogo de interpretação de papéis baseado em um livro.


A dinâmica do jogo se dá com um grupo de pessoas que se reúne para contar uma história colaborativa, como se todos fossem personagens de um filme. Diferente de uma leitura comum, no RPG o jogador é “transportado” pra dentro do livro. Em vez de apenas acompanhar as aventuras, o jogador passa a vivenciá-las, interpretando personagens dentro da narrativa.


São Carlos possui oito bibliotecas, entre escolares, universitárias e uma municipal. Mas em nenhuma delas há atividade lúdica que envolva o RPG. O Ministério da Educação já percebeu a importância do jogo e possui sugestões de modelos de aulas para ensino de narrativas utilizando o RPG, motivo que reforça a atividade no local.


Neste sábado (30) o 1º Jogo foi realizado pelos jovens Pedro Schabarum, Ana Júlia Tonnini e Thales Castelani que criaram o próprio cenário do jogo (um reino completo com suas cidadelas) e personagens. “O aprendizado se dá por interações, por isso o jogo de papéis permite que haja uma integração à leitura, não são leitores passivos, ao contrário, eles criam e contextualizam a narrativa e lêem a respeito, inclusive, da necessidade de serem criadas regras de convivência morais e de conduta, pois estão recriando uma sociedade”, explicou a responsável pela Biblioteca, Ana Paula Miranda.


Qualquer interessado pode participar, basta ter 12 anos completos e o aval dos responsáveis. O jogo será realizado no último sábado do mês, no horário de 8 às 12h. Para tanto, é necessário fazer a inscrição em uma lista de espera na Biblioteca.











Fonte: Central de Jornalismo Cidade FM / Ana Paula Miranda com fotos de Andréia Ribeiro