PRF registra aumento de mortes durante Operação Tiradentes 2022

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou na manhã desta segunda-feira (25), que encerrou a Operação Tiradentes 2022, com o aumento de 100% no número de mortes nas rodovias federais que cruzam Santa Catarina. Na região Oeste do Estado, nenhuma morte foi confirmada.


A Operação iniciou na quarta-feira, dia 20 de abril em todo Brasil e finalizou à meia-noite deste domingo (24). De acordo com a PRF, o destaque vai para a redução em dois índices de comparação – número de acidentes, feridos – em relação ao mesmo período em 2017, já que por conta da pandemia, ou pelo fato do feriado ter caído no fim de semana.


De acordo com a PRF, nestes cinco dias, nas rodovias federais de Santa Catarina, foram registrados 113 acidentes, nos quais 61 pessoas ficaram feridas e seis morreram.

2017 2022 Var. 17/22

Acid. 141 113 – 19 %

Feridos 138 61 – 55%

Mortos 03 06 + 100 %

Dentre os seis óbitos, três foram registrados na BR 470 (Indaial, Blumenau e Ibirama), dois na BR 101 (Piçarras e Araquari) e um na BR 116 (Monte Castelo). Chamou atenção o número de motociclistas mortos: quatro pessoas que foram a óbito durante o feriadão ocupavam veículos de duas rodas.


A PRF fez sua parte, realizando intensa fiscalização de trânsito. Dentre as 3.161 infrações flagradas nestes cinco dias, destacam-se 145 por dirigir sob efeito de álcool e 184 por ultrapassagens em local proibido. Ainda 240 pessoas foram flagradas sem o cinto de segurança, 35 motoristas manuseando o celular enquanto dirigiam e também 54 crianças sendo transportadas sem cadeirinha.

Fonte: ClicRDC