Ocorrências atendidas no final de semana.

Fiscalização de ordem pública em estabelecimentos comerciais e eventos

23/05/2020 07:54

Protocolo:


A Guarnição foi acionada via Central Regional de emergência para atendimento de ocorrência de perturbação de sossego, que na chegada ao local constatou vários masculinos dentro do "bar das orquídeas" em balneário de pratas que muitos não estavam usando máscaras de proteção devido a pandemia e decreto 587 Estadual, que também havia aglomeração de pessoas Foi solicitado os alvarás de funcionamento do estabelecimento, porém o proprietário apresentou apenas partes deles, faltando naquele momento alvará de vigilância sanitária e da Polícia Militar, a alvará da Polícia civil que o mesmo apresentou compreendia como horário de funcionamento entre as 12:00h até às 02:00h, como de fato estava irregular fora realizado notificação de irregularidade administrativa e orientado o fechamento do Bar, o mesmo acatou a ordem.

Rua Rio Grande do Sul N113, balneário de Pratas, São Carlos.

23/05/2020 18:10

Protocolo:


Pertubação do sossego alheio, desobediência, infringir determinação do poder público destinado a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.



Trata-se de ocorrência de Perturbação do trabalho ou sossego alheios, Desobediência e Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa (Infração de medida sanitária preventiva). Onde a Guarnição foi acionada pela Central Regional de Emergências e na chegada ao local da ocorrência constatamos a uma distância de 100 metros som alto vindo do estabelecimento Bar das Orquídeas. No local contatamos aglomeração de cerca de 20 pessoas, sendo que nenhuma estava usando máscara e todas estavam bebendo e dançando juntas, desrespeitando as normas de prevenção da pandemia. O estabelecimento não possui álcool em gel em nenhum lugar, bem como avisos sobre os cuidados com a higienização. O referido bar já havia sido notificado (Termo TIA05r900007) pela Guarnição na manhã desta mesma data, por não possuir os alvarás necessários para funcionamento, incidindo assim o proprietário no crime de Desobediência. Diante do fato foi lavrado o devido boletim de ocorrência e fechado novamente o bar. Que o local possui péssimas condições de armazenamento de bebidas e não há isolamento entre os clientes dentro deste recinto. Apreendido caixa de som a qual também originava a perturbação, que o proprietário se comprometeu a comparecer em juízo para esclarecimentos futuros. O estabelecimento está fechado até normalização dos alvarás necessários.


Dia 24/05/2020

As 11h

Trata-se de Descumprimento de condicão/ordem/medida judicial onde a Guarnição efetuava ação social de entrega de roupas no bairro novo Horizonte e visualizou o masculino de 32 anos que é apenado e não deveria estar fora da residência , este chegou com seu veículo em uma residência. Guarnição tinha conhecimento de que o mesmo possuía medidas restritivas, desta forma lavrado o presente boletim e orientado o mesmo a retornar a sua residência.


Dia 24/05/2020

As 12:30

Rua João loureiro Cony Águas de Chapecó

BoTc desobediência e infração de medida sanitária preventiva.


Trata-se de Desobediência e Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa (Infração de medida sanitária preventiva). Onde a guarnição foi acionada que em uma residência estavam reunidos cerca de 15 pessoas descumprindo desta forma as medidas de prevenção do Covid-19. No local constatado o fato, sendo que se apresentou como proprietário da residência o senhor de 35 anos, que foi orientado e se comprometeu a comparecer em juízo na data agendada.


Dia 24/05/2020

Linha Maidana

Trata-se de Desobediência e Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa (Infração de medida sanitária preventiva), onde a Guarnição em rondas preventivas rurais na Linha Maidana visualizou um bar aberto, sendo que no município possui um decreto que os bares devem estar fechados por quatorze dias. Guarnição fez contato com o proprietário que foi orientado e se comprometeu em comparecer em juízo na data agendada. O estabelecimento foi fechado.


Dia 24/05/2020

As 16h

Rua Florianópolis centro águas de Chapecó

Trata-se de ocorrência de Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa (Infração de medida sanitária preventiva).Desobediência e Resistência , onde a Guarnição foi acionada para ocorrência onde cerca de 10 pessoas, de origem Haitiana estavam reunidas nas cabanas . Ao chegar no local constatou-se a aglomeração e várias garrafas de bebidas conforme fotos anexas, e ao realizar a abordagem, dando voz para que todos colocassem a mão na cabeça, vários deles empreenderam fuga, sendo que depois de correr cerca de uma quadra, realizou-se a abordagem do senhor Angero Pier , que responderá pelos crimes de Desobediência e Resistência e comprometeu-se em comparecer em juízo na data agendada. A proprietária da residência Sainveline Jean Baptiste onde ocorria a festa também responderá por Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa (Infração de medida sanitária preventiva).e Desobediência, tendo em vista as portarias com relação ao Covid-19, sendo que a mesma se comprometeu em comparecer em juízo.


Fonte: Sgt Marcos Correa Soares / Polícia Militar de São Carlos e Águas de Chapecó