IDOSOS DE SÃO CARLOS OPTARAM POR NÃO PARTICIPAR DOS JASTI

A Fundação Catarinense de Esportes – FESPORTE - realiza anualmente os Jogos Abertos da Terceira Idade – JASTI – e os Jogos Paraolímpicos - PARAJASC. Neste sentido, a Administração Municipal de São Carlos Rudi e Fernando orientou os responsáveis pela organização da etapa municipal a se reunir com os presidentes dos Grupos de Idosos do município para uma definição quanto a participação ou não nestes jogos. A reunião aconteceu nesta terça-feira (21), na Secretaria de Assistência Social e contou com a presença da Secretária de Assistência Social Glacy Pacheco Dullius, do Diretor da Fundação Cultural Gilson Rogério e Silva, do Diretor de Esportes Ronaldo Guilherme Zeferino e dos presidentes dos Grupos de Idosos de Alto São Pedro (que também representou, através de um manifesto, o grupo de Linha Jacutinga), Tia Lalá do Centro, Linha Moraes, São Sebastião, Linha Massing e São Joao. Tambem houve interações via whatsapp dos Grupos de Alto Aguinhas, Bairro Cristo Rei e Centro Aguinhas. Já os Grupos de Baixo Aguinhas, Navegantes, Pratas, Bela Vista, São José e São Pedro não se manifestaram.

Conforme o Diretor de Esportes Ronaldo Guilherme Zeferino, todos os grupos que participaram se posicionaram contra a participação de São Carlos nos JASTI, caso estes vierem a acontecer. “A principal questão alegada pelos participantes foi a saúde pública, uma vez que ainda estamos vivendo a Pandemia da COVID 19. Como os grupos de Idosos ainda não estão realizando os encontros, não teríamos tempo hábil para ensaios e treinos e por este motivo decidiram pela não participação nos Jogos”, disse.

O Diretor da Fundação Cultural Gilson Rogerio e Silva também ressaltou a falta de tempo para entrosar e ensaiar, “pois faz aproximadamente 18 meses que os grupos não se reúnem. Há também um certo receio, uma vez que haverá a necessidade de deslocamento para outras cidades e, como ainda estamos em pandemia e os nossos idosos são grupo de risco, fica aquele medo de contrair o vírus. Nós, juntamente com a Administração Municipal, estávamos preparados para acompanha-los aos jogos, mas como decidiram pela não participação, respeitaremos esta decisão”, comentou.

Nesta mesma reunião, foi comentado com os participantes, a possível volta gradativa às atividades dos grupos, em locais abertos e ventilados, com todos os cuidados necessários.

Em ato contínuo, Zeferino também se reuniu com representantes da APAE, tratando sobre os PARAJASC com a Orientadora Pedagógica Lucieli Fumagalli Feil, que já havia debatido internamente com a Direção da APAE que, da mesma forma, decidiu pela não participação dos jogos.