Fundação cultural de São Carlos tem novo diretor

Nesta quarta-feira (28) assumiu como diretor na Fundação Cultural de São Carlos Gilson Rogério e Silva. A partir dessa data Gilson terá sob sua responsabilidade a entidade, surgida em 2013, que cuida da Casa da Memória, Escola de Artes e Ofícios e Biblioteca Pública Municipal.

Sobre essa nova etapa de sua vida profissional, assim escreve Gilson: “Por convite do Prefeito Rudi e vice-prefeito Fernando, sinto-me honrado em assumir hoje (28) a pasta de Diretor da Fundação Cultural de São Carlos, onde temos vários desafios pela frente juntamente com os colaboradores desta instituição que prezam pelas diversas áreas de sua atuação, tais como Casa da Memória, escola de música, acervo histórico, biblioteca pública, tombamento de patrimônios históricos, fomento a grupos culturais, eventos de relevância regional como o Kerbfest que já se encontra na sua 10ª edição este ano e tantas outras atividades ligadas a pasta da cultura das quais teremos um grande desafio pela frente. Porém acreditamos que com nossa formação e experiência profissional e com o auxílio dos colaboradores da Fundação tais como o historiador Jefferson e a gestora de acervo Emilia, entre os demais colaboradores e juntamente com o conselho municipal da cultura e conselho curador, os quais tem a função de definir as diretrizes e ouvir as demandas da sociedade referente a cultura do município e fiscalizar as ações administrativas da Fundação Cultural, conseguiremos gerir esta função e melhorar a cada dia as condições de desenvolver e conservar a cultura do povo são-carlense e seu patrimônio histórico”.