Extraordinária absolve dois vereadores

O Legislativo de São Carlos realizou sessão extraordinária na noite desta quinta-feira (24). A reunião visou a apreciação do documento que previa a cassação ou não dos mandatos dos vereadores, Evandro Cesco e Iara Schoemberger.

A votação se deu por conta de uma CPI que apurou irregularidades de ambos, quando estes eram servidores municipais, e também cumpria prazo do Ministério Público, que concedeu cinco dias, para que houvesse esta votação.

Além dos sete vereadores titulares (sem a presença de Iara e Evandro) dois suplentes integraram o procedimento, sendo Guido Brutscher e Arlei Sander Fischer. A votação absolveu os dois vereadores, no caso de Evandro foram 7 votos contra cassação e 2 contrários, sendo que no casa de Iara, foram 5 votos contra a cassação e 4 favoráveis.

Conforme o advogado da casa, Natan Wagner, os dois vereadores seguem com seus mandatos até dia 31 de dezembro de 2020, para os quais foram eleitos pelo voto. O resultado da votação de ontem tem 24hs para ser repassado ao Ministério Público da Comarca de São Carlos.

A próxima sessão, já com a continuidade dos trabalhos dos vereadores Evandro Cesco e Iara Schoemberger, ocorre em 6 de outubro.

Fonte: Tropical FM