Casa da Memória de São Carlos terá seu plano museológico

A Casa da Memória de São Carlos, instituição museal existente no município desde 2012, terá a realização de seu plano museológico. A responsável pelo plano será a museóloga Franciele Maziero, que foi contemplada com o Edital Elisabete Anderle no ano de 2020.

A profissional tem um vasto currículo, sendo que em 2019 ela também foi contemplada com o Edital Elisabete Anderle, realizando o Plano Museológico do Museu de Ecologia Fritz Müller, em Blumenau. Franciele Maziero é funcionária pública, atuando como técnica em Museu no município de Chapecó e participa atualmente do GT de elaboração do Plano Museológico do Museu Antonio Selistre de Campos, que está sendo realizado.

Sobre o projeto contemplado este ano pelo edital, assim escreve a museóloga: “O presente projeto tem por objetivo a elaboração do Plano Museológico da Casa da Memória de São Carlos, instituição museal pública municipal que salvaguarda e expõe objetos sobre a história de São Carlos, bem como realiza pesquisas sobre a história local e regional do oeste catarinense. Assim, em cumprimento da Lei Federal nº 11.904/2009 e Art. 23 do Decreto de Regulamentação nº 8.124/2013 o projeto está dividido em três etapas de realização ao longo de 6 meses: (1) diagnóstico institucional, (2) programas museológicos e (3) definição de ações. Além disso, ao longo da realização do Plano, está contemplado a revisão da missão institucional bem como a definição da visão, valores e objetivos estratégicos da Casa da Memória”.

Segundo Franciele, “o Plano Museológico é um documento legal previsto no Estatuto de Museus (2009) que visa diagnosticar, definir programas e ações para um museu. Sua importância compreende a área de gestão dos museus e orientação quanto a sua missão e função social num determinado território”.

Todo o trabalho para a realização do Plano Museológico da Casa da Memória de São Carlos será realizado no primeiro semestre de 2021. Os funcionários da Fundação Cultural, entidade que cuida do museu municipal, estão extremamente felizes e gratos com a aprovação do projeto de Franciele Maziero. Certamente é um sonho que existia há muito tempo que será realizado e que dará novos rumos para a entidade. Fonte: Assessoria Prefeitura Municipal